31 outubro 2012

"how i met your mother"

(esq) Barney, Robin, Ted, Marshall e Lily

Embora seja uma série bem conhecida, eu sempre escuto a mesma coisa dos meus amigos quando comento algo sobre ela "já ouvi falar, mas nunca assisti".

Pois bem, vou falar um pouco dessa série que é a minha favorita de todos os tempos, quem sabe vocês não dão uma chance pra ela?

A série é narrada pelo personagem principal, Ted (Josh Radnor), onde ele conta para seus filhos no ano de 2030 a história de como ele conheceu a mãe deles. O nome da série faz muito mais sentido agora.

A história começa em 2005, quando o melhor amigo do Ted, Marshall (Jason Segel), pede a mão da sua namorada Lily (Alyson Hannigan) em casamento. Os três se conhecem desde o começo da faculdade, moram juntos, então têm uma relação bem próxima. Isso faz com que Ted reflita mais sobre sua vida, pois ele já está com 27 anos, seu melhor amigo está para se casar e ele nem sequer tem uma namorada. Ele entra então numa luta (quase que sem fim) pra encontrar o verdadeiro amor!

na faculdade!

Além desses personagens, tem o Barney (Neil Patrick Harris), que é um capítulo completamente à parte. Diria até que o termo "womanizer" foi inventado pra descrevê-lo. No começo da série da pra perceber que ele não tem um vínculo tão forte com os outros personagens, era apenas alguém que eles conheceram no bar, mas ao longo da história isso muda, e muito.

"Suit up!"

Logo no primeiro episódio, Ted conhece o quarto elemento: Robin (Cobie Smulders). Com certeza tinha sido amor à primeira vista. Ela era perfeita, e ele já estava apaixonado antes mesmo de conhecê-la melhor. E ele ia lutar com unhas e dentes pra manter esse amor. Pena que a Robin não.



Então a história vai sendo contada, muitos altos e baixos, momentos de riso descontrolado, outros momentos que dão vontade de chorar, ainda mais quando você se envolve com os personagens e com a história de vida deles.

Resumindo: eu gosto de HIMYM porque os personagens parecem pessoas de verdade. Eles saem desse mundo caricato pra se tornarem gente comum. E as situações do cotidiano deles são comuns a ponto de você se identificar de verdade, sem essa coisa hype que insistem em enfiar na nossa cabeça a todo custo e o tempo todo. Você fica feliz e você fica triste quando eles ficam, e acho que é isso que faz dar certo!

(:





2 comentários:

  1. Eu ♥ de paixão how i met,
    já estou vendo pela terceira vez tudo de novo.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Nossa, nem me fale! Eu estou acompanhando a 8° mas quero assistir tudo novamente assim que possível!

      Obrigada por comentar ^^

      Excluir

Seus comentários alimentam meu blog ♥
comente e deixe também o link do seu blog (:

início sobre eu leio rss twitter facebook Image Map